Adeus Ford: 6 carros que fizeram sucesso no Brasil

A Ford dá adeus ao Brasil após mais de 70 anos de história. O encerramento das atividades entristeceu os brasileiros que acompanharam a trajetória da marca e dos seus diversos carros emblemáticos. Você se lembra de algum deles? Venha relembrar 6 dos mais populares com a gente!

 

Ford F-600

 

Ford F-600 (Imagem: Divulgação)
Ford F-600 (Imagem: Divulgação)

 

O primeiro veículo lançado pela Ford no Brasil foi o F-600. O caminhão teve sua linha de montagem finalizada em 26 de agosto de 1957, com cerca de 40% do índice de nacionalização. A linha F perdurou por décadas e o caminhão foi considerado um grande marco para o mercado automobilístico brasileiro.

Com capacidade de carga de até 6 toneladas, o modelo era equipado com um motor V8 Power King, com bloco em Y e 161 cv de potência máxima.

 

Ford Galaxie

 

Ford Galaxie (Imagem: Divulgação)
Ford Galaxie (Imagem: Divulgação)

 

O primeiro carro nacional de luxo lançado pela Ford entrou em cena no ano de 1967. O Galaxie fez sua história no Brasil, com seu grande espaço interno e itens de conforto, como ar-condicionado e direção com assistência hidráulica.

O V8 4.5 de 164 cv de potência trabalhava com câmbio de 3 marchas. Com a capacidade de 150 km/h, essa lindeza prometia de 0 a 100 km/h em 14,9 segundos. O automóvel ficou por 16 anos na linha de produção e passou por diversas repaginações, dentre elas as versões LTD e Standard. Em 1976 o veículo passou por um face-lift e, com a crise do petróleo, contou com uma versão a etanol. Por fim, sua produção foi encerrada em 1983, após contabilizar pouco mais de 77 mil unidades fabricadas.

 

Ford Corcel

 

Corcel (Imagem: Divulgação)
Corcel (Imagem: Divulgação)

 

Quem aí já ouviu falar do sucesso do Ford Corcel na década de 60? O projeto era de autoria da Willys-Overland, empresa comprada pela Ford em 1966 que deu continuidade a ideia. O que seria o Renault 12 na Europa, recebeu a casca da Ford  e foi nomeado como Corcel, se tornando o maior sucesso da marca e do setor automotivo.

O primeiro lançamento foi feito, sobretudo, com quatro portas e motor 1.3, que chamava a atenção pelo seu ótimo acabamento e espaço interno. Posteriormente, o Corcel ganhou uma versão mais esportiva, com carburador duplo e potência aumentada de 68 para 80 cv.

Em 1977 foi a vez do Corcel II fazer sucesso. O modelo, com design totalmente moderno e robusto, teve mais de 100 mil unidades emplacadas em apenas 10 meses. O lançamento veio com um motor 1.4 e 72 cv de potência, pouco para um veículo com tamanho peso. Entretanto, em 1980 uma repaginação foi feita garantindo um motor de 1.6, quatro marchas e 80 cv de potência. Por fim, em 1985, após tamanho sucesso, o Corcel II saiu de cena.

 

Ford Escort

 

Escort (Imagem: Divulgação)
Escort (Imagem: Divulgação)

Em 1983 a cara da Ford ficou mais jovem com o lançamento de um automóvel sonho de consumo de todo brasileiro de classe média. Entretanto, o Escort teve seu destaque não apenas por ser um automóvel totalmente moderno para a época, mas também por ser o primeiro projeto global da marca fabricado diretamente em solo brasileiro.

Com versões em duas e quatro portas, o automóvel usava motores das famílias 1.3 com 56 cv e 1.6 com 65 cv. Depois de fazer a cabeça de muitas pessoas, uma nova versão foi lançada. A XR3 foi o desejo dos playboys de plantão. Seu lançamento foi em 1984 e contava com apliques na carroceria, roda de liga leve aro 14, bancos esportivos e um super teto solar. Logo em 1985 a Ford lançou a versão conversível, que chamou ainda mais atenção.

Em 1992 uma nova versão foi lançada, com o design sendo o principal diferencial. Agora o modelo contava com motor 2.0 e injeção eletrônica multiponto. A primeira versão continuou a venda, tornando-se a opção mais barata da linha. Em 1996, a fabricação do automóvel passou a ser feita na Argentina, já em nova geração. Entretanto, com o lançamento do Focus em 2003, o Escort perdeu seu espaço e saiu de linha.

 

EcoSport

 

EcoSport (Imagem: Divulgação)
EcoSport (Imagem: Divulgação)

 

Não podemos esquecer de um dos carros mais emblemáticos da Ford. O EcoSport nasceu do Projeto Amazon, com a criação de um SUV totalmente urbano para aqueles que queriam desfilar com estilo pelas rodovias. 

Com valor acessível, o modelo era um Fiesta alto, com motores 1.0, 1.6 e 2.0. O sucesso foi tremendo batendo a marca de 27.237 emplacamentos e sendo o centro das atenções por 9 anos. Ao longo dos anos, várias versões foram lançadas, porém o modelo começou a sentir sua queda em 2015, onde o destaque da vez era os SUVs mais compactos. Enfim, este ano de 2021, a Ford anunciou o encerramento da produção deste modelo.

 

Ka

 

Ford Ka (Imagem: Divulgação)
Ford Ka (Imagem: Divulgação)

 

Começando pelo subcompacto e inovador e terminando com uma versão sedã. O Ka teve, sobretudo, sua produção iniciada em 1997, sendo o primeiro carro subcompacto produzido no Brasil. Sua primeira versão contava com motores 1.0 e 1.3, saltando, posteriormente, para o 1.0 Zetec RoCam.

Em 2001, a Ford veio com uma grande novidade: o Ka XR. Com suspensão esportiva e design inovador, o motor tinha 96 cv de potência, indo de 0 a 100 km/h em 10,8 segundos. Em 2008, a desconfiguração do Ka começou, sendo lançada a segunda geração. O modelo cresceu e foi chamado de Ka+. Estreou ótimos motores e se tornou um dos três veículos mais vendidos do Brasil. Nos últimos anos ele ainda ganhou câmbio automático e face-lift, porém teve a finalização da sua fabricação anunciada neste ano de 2021.

E aí, você se lembra ou já teve algum desses carros?

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais