BMW desenvolve um super boxer para nova moto

BMW Press
0 223

Já houve um tempo em que a moto com motor de maior capacidade cúbica a venda no mundo era brasileira: a Amazonas, que virou Kahena (ambas com o boxer 1.600cc do VW Fusca). A tecnologia se desenvolveu, fábricas como a Honda apostaram em propulsores com 1.800cc (na sua Gold Wing) e o Seminovos.com Notícias mostrou como a Triumph acabou de trazer para o Brasil sua Rocket 3R, com insanos 2.500cc.

A BMW, por sua vez, construiu sua história nas duas rodas com os boxer, motores com os cilindros contrapostos (separados por 180 graus). Nos últimos anos a casa bávara resolveu apostar em outras arquiteturas em busca de mais potência, mas nunca deixou de lado aquela que era a preferida desde os primórdios. E acaba de revelar os dados de seu maior boxer, que vai equipar a futura R18. Moto que foi apresentada como conceito no último Concurso de Elegência de Villa d’Este, às margens do Lago de Como, norte da Itália.

Os próprios alemães se referem a ele como o “Big Boxer” (grande boxer), pela cilindrada inédita (1.800cc) e também pelo fato de ser o mais potente já produzido pela marca. São 91cv, que podem não parecer nada de outro mundo, mas se mostram mais que suficientes para máquinas sem pretensão esportiva. O que chama realmente a atenção é o torque de 15,8kgf.m, sinônimo de arrancadas poderosas.

Inspirado na tradição dos boxers de Munique, o motor tem refrigeração mista ar/óleo e, com o câmbio, pesa 110,8kg. Fica agora a expectativa pela apresentação do modelo definitivo, assim como de usos do motorzão em outras máquinas com a hélice.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais