Contran permite porte de CNH vencida durante período de epidemia do coronavírus

0 256

Diante da suspensão de atendimento presencial em vários serviços públicos e da recomendação que as pessoas evitem ao máximo sair de casa durante o auge da epidemia de Covid-19, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determinou algumas mudanças provisórias nas regras de fiscalização e porte dos documentos necessários.

Motoristas com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida a partir de 19 de fevereiro poderão trafegar normalmente até segunda ordem – o mesmo vale para a Permissão para Dirigir (PPD), a primeira habilitação. No caso de transferência de propriedade, não será exigido por enquanto o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) em nome do novo dono.

Além disso, o prazo para conclusão do processo de habilitação foi estendido de 12 para 18 meses.

No que diz respeito aos serviços do Detran-MG, vistorias e exames estão suspensos até que seja retomado normalmente o atendimento presencial.

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais