Fiat apresenta seus primeiros híbridos. Na Europa…

FCA Press
0 404

Depois de a Jeep (outra marca do Grupo FCA) apresentar seus primeiros híbridos, chegou a vez da Fiat. A montadora italiana finalmente embarca na onda da ajuda da energia elétrica para reduzir emissões e aumentar o desempenho de seus modelos. De início, com o chamado ‘sistema leve’, que dispensa pacotes de baterias maiores e mais pesados. E que já é adotado por rivais como a Audi.

Trata-se do uso de um gerador/motor de arranque elétrico ligado à unidade a combustão por meio de correia. Ele acumula carga nas frenagens e desacelerações para, sem depender do motor principal, ligar o carro nas retomadas do sistema Start/Stop e auxiliar nas acelerações e nos momentos em que o carro está embalado. Nas velocidades inferiores a 30km/h, ele se encarrega de mover o veículo, desde que o condutor coloque o câmbio no neutro (ponto morto).

Os escolhidos para a novidade foram os compactos Cinquecento e Panda (equivalente ao Uno brasileiro). O sistema trabalha em conjunto com o três cilindros 1.0 Firefly de 70cv. A Fiat anuncia economia de combustível maior em até 20%. Além disso, os modelos contam com facilidades de acesso a zonas centrais com rodízio ou bloqueio de automóveis 100% a combustão.

Estofamento reciclado

A pegada ecológica da dupla não está apenas no motor. As costuras e parte do material do estofamento nas versões especiais de lançamento (Launch Edition) são desenvolvidos usando polímeros desenvolvidos com garrafas PET e plásticos, parte deles retirados dos oceanos. Trata-se de uma parceria com a fundação Seaqual Initiative.

Para o Brasil, a vinda dos sistemas híbridos é algo nos planos de médio e longo prazo. Por enquanto, a montadora confirma a importação, para este ano, da versão 100% elétrica do Cinquecento, o 500e, que já vem sendo testado por aqui.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais