Fiat voador? Conheça a nova parceira da FCA

Que tal ir para o trabalho sobrevoando a cidade com um super Fiat voador? Essa é a intenção da Fiat que divulgou uma nova parceria nesta quarta-feira (13). Em união com a startup Archer, a FCA pretende expandir seus horizontes e trazer a mobilidade aérea urbana para a realidade. A empresa, que tem sede na Califórnia, tem previsão de fazer o lançamento da sua primeira aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical ainda neste 2021. Já a produção dessa parceria tem previsão para começar a acontecer em 2023 e os primeiros voos comerciais tem previsão para acontecer em 2024.

Com este novo laço, a Archer terá como benefício o acesso à cadeia de suprimentos de baixo custo da FCA. Além disso, a empresa garantirá recursos avançados e uma vasta experiência em engenharia e design. De acordo com informações repassadas, os trabalhos já começaram e os elementos de design do cockpit já estão sendo trabalhados.

O co-fundador da Archer, Adam Goldstein, comemorou a parceria e apresentou otimismo sobre os próximos passos que se aproximam. Ele informou em entrevista que este é o primeiro negócio do tipo que inclui uma das três maiores montadoras presentes em Detroit. Ele ainda ressaltou que agora o caminho está muito mais claro para que a Archer comece os preparativos para a produção em massa. Assim, mudanças sobre a realidade conhecida sobre viajar nas cidades e em seus arredores poderá acontecer.

 

Detalhes sobre o Fiat voador

Ainda não temos muitas informações sobre a aeronave, porém o teaser divulgado mostrou uma aeronave com um design para lá de inovador. Além da elegância, foi possível observar uma bela cauda em V, cabine de passageiros ao centro e três hélices em cada asa. De acordo com as empresas, a novidade poderá atingir velocidades de até 241 km/h. Além disso, seu alcance será equivalente a 96 km.

O Fiat voador deve ser construída em grande escala, visando diminuir o custo com produção. Com essa medida, a Archer poderá levar valores muito mais acessíveis a seus clientes, garantindo, sobretudo, uma aeronave super silenciosa e de alto desempenho.

A parceria faz parte de mais uma das inovações previstas pela FCA, que pretende utilizar o modelo como um táxi voador. De acordo com o chefe de desenvolvimento de negócios globais da Fiat, Doug Ostermann, a eletrização do transporte, nas estradas ou no ar, nada mais é do que o futuro. Ele ainda reforçou que a parceria tem benefícios mútuos e permitirá soluções inovadoras no transporte de maneira acelerada.

Vale lembrar que este novo meio de transporte deverá passar por uma certificação por parte Agência Federal de Aviação dos Estados Unidos. Portanto, muitos estudos estão sendo feitos para que os táxis aéreos se encaixem no sistema atual de transporte aéreo.

 

Outras empresas também estão investindo em novidades

Quem pensa que a FCA é a primeira empresa a pensar em um táxi voador está verdadeiramente enganado. Outras grandes instituições, como Uber e Lilium, também já estão com projetos de aeronaves sendo trabalhados.

A verdade é que a tecnologia não para e os próximos passos para esta parceria e novo meio de mobilidade serão um tanto quanto interessantes!

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais