Onix Plus: mal chegou e já dá dor de cabeça

Chevrolet
0 224

O Seminovos Notícias mostrou como, em seu primeiro mês cheio de comercialização, o Onix Plus (sedã) já apareceu entre os 10 mais emplacados, repetindo o feito do antecessor Prisma. Pois não demorou para que o novato, parte de uma ofensiva global da Chevrolet, se transformasse em sinônimo de dor de cabeça para os proprietários e dúvida para quem o considera como opção.

Tudo começou com o registro de um exemplar que acabou destruído pelo fogo no Maranhão, assim como outro também incendiado na fábrica de Gravataí (RS). Poderia ser apenas uma infeliz coincidência, se a própria montadora não tivesse confirmado que não é bem o caso. A casa da gravatinha identificou uma possibilidade de funcionamento irregular no software de gerenciamento do motor, que favorece a condição citada, e já prepara um primeiro recall para correção do problema. Além disso, suspendeu a entrega da novas unidades até que que o reparo seja executado.

O agendamento estará disponível em toda a Rede Chevrolet e na Central de Relacionamento Chevrolet pelo 0800-702-4200 assim que a atualização de software estiver disponível. Segundo a empresa, todos os clientes contarão com um veículo reserva alugado até que o procedimento de atualização do software em seu veículo seja efetuado.

Confira a nota divulgada pela GM

 A General Motors tem como prioridade a segurança dos seus clientes. Por isso, informa que está prontamente convocando os proprietários do Onix Plus modelo 2020 entregues até então para atualização do software de gerenciamento do motor.

Em condições muito especificas e combinadas de pressão atmosférica, temperatura ambiente, umidade relativa do ar e composição do combustível o software de gerenciamento do motor pode, eventualmente, apresentar falha, com risco de danos ao motor e potencial incêndio, como no caso ocorrido na região Nordeste.  Esta condição é precedida de um alerta visual no painel de instrumentos – a luz indicadora de funcionamento incorreto, referente ao motor, acende.

Os proprietários dos modelos envolvidos serão chamados a comparecer a uma concessionária Chevrolet para realizar de forma gratuita o serviço.

Destacamos que o incidente anterior, ocorrido no pátio da fábrica de Gravataí em setembro, foi um caso isolado provocado por um fator que não tinha relação com o projeto do veículo.

 

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais