Os leilões de veículos da semana em Minas

0 4.742

Mais uma semana com boas oportunidades de leilões de veículos em Minas. O Seminovos BH Notícias não só traz o calendário, horários e locais, como apresenta o caminho das pedras, com dicas importantes para fazer bons negócios e não ter dor de cabeça.

O Detran-MG promove pregão presencial em Rio Pardo de Minas, num total de 411 lotes, nos mais variados estados de conservação. Para participar é necessário preencher o cadastro de potenciais arrematantes, que você acessa AQUI.

Rio Pardo de Minas

Data: 22/01/2020.
Hora: 8h.
Local: Escola Municipal Professora Brithes Mesquita – Rua Aberto Deodato Maia Barreto, 527, bairro Esplanada, Rio Pardo de Minas – MG.
Quantidade de veículos: 411.
Pátios: Garagem e Reboque Garra do Tigre
Visita ao pátio: 17 a 21/01/2020 – 8h30 às 17h.

 


O Palácio dos Leilões também tem uma semana movimentada, com três grandes pregões. Na terça-feira (21) serão oferecidos 403 lotes, de carros e motos sinistrados, sucatas e em bom estado de seguradoras e da Localiza. Quarta-feira (22) é a vez de 322 lotes em bom estado e sinistrados de seguradoras e financeiras. Por fim, na quinta (23) o martelo será batido para 163 lotes de sinistrados e sucatas de seguradoras. Editais, fotos e maiores informações estão disponíveis no https://palaciodosleiloes.com.br.


  • O caminho das pedras

– Há dois tipos de leilões. Os presenciais, como o nome indica, exigem que o interessado esteja no local do pregão para oferecer lances e fechar a negociação. Nos que também são online, é possível participar de forma remota, por meio do site do leiloeiro.

– Nos dois casos, é fundamental que o interessado vá ao local de visitação dos lotes para ver de perto as condições de cada um. Nesse tipo de venda, os veículos são oferecidos ‘no estado em que se encontram’; ou seja, não há lugar para arrependimento ou para afirmar que levou gato por lebre.

–  Lotes qualificados como sucata ou inservíveis (os famosos PT) só podem ser arrematados por pessoas jurídicas devidamente registradas no Detran (no caso de Minas), para retirada de peças e revenda no mercado paralelo com certificação de origem, nos termos da Lei do Desmanche.

– Sempre tenha em mente as despesas necessárias para que o veículo circule em condições normais. Além de pequenos danos (quando é o caso), há o tempo parado, que exige troca de fluidos e revisão de alguns componentes (pneus e freios principalmente). Muitas vezes, o que está barato na batida do martelo acaba saindo caro mais tarde.

– Procure ler o edital, que especifica as condições gerais da venda e detalhes como eventuais taxas e débitos em aberto.

– Tenha sempre em mente o quanto pode e quer gastar. É normal que, nos lotes mais interessantes, haja uma disputa entre interessados que acaba elevando bastante o preço final em relação ao previsto no edital.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais