Placa Mercosul já é exigência, mas, em Minas, só sai em março

Divulgação
0 103

Começou a valer nesta sexta-feira (31) o prazo previsto em resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para a adoção, pelos Detrans, em todos os estados, da nova placa de identificação veicular (placa Mercosul), já usada em outros países da América do Sul. Em Minas Gerais, no entanto, o processo vai se estender por mais tempo e provocar atraso na mudança.

Em comunicado, o Detran-MG confirmou que a implantação definitiva da placa Mercosul só terá início em 2 de março. Segundo o órgão, “a fim de atender os 853 municípios de Minas Gerais de forma igualitária e eficaz, desde a publicação da Resolução, o Detran-MG adotou um cronograma de estudos técnicos para a implantação do novo sistema de identificação veicular, inclusive com duas audiências públicas, visando, assim, a transparência e legalidade de um processo extremamente complexo, e que envolve vários setores”.

Esclarece ainda que os sistemas informatizados que irão operar o novo modelo de emplacamento e credenciamento das estampadoras já estão prontos, e todas as demais etapas do processo serão analisadas durante o mês de fevereiro, para cumprimento do prazo anunciado.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais