Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid: eletricidade para chegar mais rápido

Porsche A.G
0 33

Quando se fala na eletricidade como combustível para os veículos a primeira coisa que vem à cabeça é a economia, além do respeito ao meio ambiente. Pois a energia alternativa também pode servir para deixar modelos rápidos ainda mais rápidos. Como se espera, por exemplo, no caso da Porsche. Que apostou em uma versão híbrida plug-in apimentada de seu primeiro SUV, o Cayenne. Já disponível para encomenda no Brasil (e o Seminovos BH Notícias sempre lembra que Belo Horizonte conta com seu Porsche Center, na Avenida Raja Gabáglia).

Ao lado da versão aspirada, o Cayenne Turbo S E-Hybrid une o motor V8 4.0 turbo de 550cv a uma unidade elétrica de 136cv, instalada entre o propulsor a combustão e a transmissão Tiptronic S de oito velocidades. Na soma, até 680cv disponíveis, com um torque máximo de 90kgf.m. No modo de condução E-Power, o motor elétrico pode, sozinho, impulsionar o veículo até uma velocidade máxima de 135 km, por 40 quilômetros.

Com o carregador rápido, a bateria de alta voltagem pode ser totalmente carregada em 2,4 horas com o carregador de bordo de corrente alternada de série de 7,2 kW, utilizando uma tomada de 400 volts com fusível de 16 amperes. Numa tomada de corrente doméstica convencional, com 230 volts e 10 amperes, o processo de carga leva seis horas.

Com direito ao pacote Sport Chrono, a rodas aro 21 e ao sistema de freios em carbono/cerâmica (PCCB), o Cayenne Turbo S E-Hybrid compensa sem perdas o excesso de peso provocado pelo conjunto de baterias, oferecendo um desempenho sem precedentes para o modelo. O preço sugerido é de R$ 946.000, valor que cai para R$ 435.000 no caso do Cayenne E-Hybrid aspirado.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais