Produção de veículos interrompida no Brasil diante da Covid-19

Renault
0 134

Máquinas paradas, silêncio e trabalhadores em casa. As montadoras de veículos no país têm, uma após a outra, suspendido a fabricação de automóveis e motocicletas diante do crescimento dos casos de Covid-19 no território brasileiro. Nesta segunda-feira (23) a Renault antecipou em dois dias a parada total em sua planta de São José dos Pinhais. Os 7.500 funcionários permanecerão em casa até 14 de abril. Também o Grupo PSA (Peugeot/Citroën) suspendeu o trabalho na linha de montagem de Porto Real. Mesmo caso da Volkswagen (incluindo a VW Caminhões e Ônibus/MAN), pelo prazo de três semanas, e da Ford, até 13 de abril.

A FCA (Fiat/Jeep) inicia hoje a diminuição progressiva da produção nas fábricas de Betim e Goiana (PE). Até sexta-feira a fabricação estará totalmente interrompida, com previsão de retomada em 21 de abril. A Hyundai, em Piracicaba, foi a última a confirmar a suspensão temporária das atividades fabris.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais