Teste de nova Ducati acaba em tragédia nos EUA

0 26

Tinha tudo para ser um cartão de visitas vitorioso: a Ducati escolheu a tradicional subida de montanha de Pikes Peak, no estado norte-americano do Colorado, para mostrar publicamente pela primeira vez o protótipo de sua naked esportiva Streetfighter V4, equipada com o mesmo motor 1.000cc da superbike Panigale de nova geração. A casa italiana recrutou o tetracampeão do desafio entre as motos, Carlin Dunne, que conhecia o desafio como poucos, e desenvolveu um intenso programa de testes e preparação para encarar os 19.980m de percurso com 156 curvas e chegada a 4.302m de altitude.

Dunne, de 36 anos, dominou o treino de qualificação (disputado no primeiro terço da subida) e, no domingo, tinha os dois melhores tempos entre as motos nos setores iniciais, até perder o equilíbrio nos metros finais. Mesmo atendido imediatamente pelas equipes de resgate localizadas após a linha de chegada, o norte-americano não resistiu aos ferimentos e se tornou a sétima vítima fatal em 97 anos de história da competição. Se as causas da tragédia ainda estão sendo investigadas, é grande a possibilidade de ele ter sido atingido por uma forte rajada de vento, típica do topo da montanha. Na edição de 2014, um competidor nas motos perdeu a vida em circunstâncias semelhantes – tirou as mãos do guidão ao receber a bandeirada e acabou derrubado.

“Não há palavras para descrever nosso choque e a tristeza. Carlin era parte de nossa família e uma das pessoas mais genuínas e simpáticas que conhecemos. Sua paixão pelo evento e o amor pelo motociclismo serão lembrados para sempre. Sua partida deixa um vazio em nossos corações”, declarou Jason Chinnock, CEO da Ducati nos EUA.

Carlin Dunne on Streetfighter V4_UC76165_Mid

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais