Toyota Yaris mudou. Na Europa…

0 236

Ele apareceu por aqui no ano passado, numa tentativa de ocupar um segmento em que a Toyota não contava com opções. Na gama da maior fabricante de veículos do planeta, o Yaris chegou para se posicionar entre o subcompacto Etios e o Corolla. E rapidamente caiu no gosto do consumidor, ainda que apostando num visual discreto e sem grande personalidade (especialmente no caso do hatch). Muito provavelmente mérito da confiabilidade mecânica e da tradição dos produtos japoneses, que dão show em termos de resistência.

Pois na Europa, tem novidade, e das grandes. Assim como fez com o Corolla, cuja 12ª geração começa a ser oferecida no mercado brasileiro, a Toyota resolveu dar uma bela rejuvenescida no Yaris, tentando fazer com que ele se destaque na multidão. O compacto passa a ser fabricado sobre a mesma plataforma modular Toyota New Global Architecture (TNGA), de Corolla, Camry e C-HR. Em relação ao antecessor, o comprimento diminui 5 milímetros e a altura 40 milímetros, enquanto o entre-eixos cresce 50 milímetros.

E traz linhas bem mais esportivas, com destaque para as caixas de roda ‘bombadas’, que se projetam da carroceria. Não é o caso de falar totalmente em originalidade, já que a dianteira lembra, ainda de forma distante, a do DS3. E o aspecto geral – formas, proporções – revela alguma inspiração do também nipônico Honda Civic Type-R.

As motorizações são os três cilindros 1.0 e 1.5 – o segundo será oferecido nas configurações híbridas com baterias de ions de lítio.

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais