Vendas de automóveis: FCA lidera mercado em 2020

Se destacando nas vendas de automóveis de 2020, a Fiat Chrysler Automóveis (FCA) teve seu balanço positivo mesmo em meio a pandemia. A liderança chamou a atenção no mercado de automóveis e comerciais leves do Brasil que passou por grandes contratempos nos últimos meses.

Das 433,6 mil unidades vendidas, a Fiat liderou como top de vendas com 321,7 mil veículos. Em relação à participação de mercado, a empresa se destacou com 16,5% dos 22,2% do total apresentado no ano.

Entretanto, é importante incluir neste top de vendas o crescimento da marca Jeep. Os resultados foram muito significativos e bateram a marca de 110 mil veículos emplacados. A participação de mercado chegou, sobretudo, à marca de 5,7%.

 

As vendas de automóveis de dezembro surpreenderam!

Segundo a FCA, dezembro foi, sobretudo, o melhor mês de vendas de todo o ano. A marca atingida foi de 54,8 mil veículos emplacados. Destes, 39,7 mil foram da marca Fiat e 14,9 mil da Jeep.

 Estes resultados superaram até mesmo os dos meses de janeiro e fevereiro, que são considerados, sobretudo, os melhores para o mercado automotivo.

Levando em conta a liderança de vendas e suas duas grandes marcas, a FCA contou com quatro dos seus veículos no top 10 de mais vendidos de 2020. Os holofotes ficaram para: picape Fiat Strada (mais de 80 mil vendidas), Fiat Argo (66 mil vendidas), Jeep Renegade (57 mil vendidos) e Fiat Toro (54 mil vendidas).

O lançamento da Nova Strada e o rebranding da marca trouxeram grandes resultados para a empresa. Tais acontecimentos levaram a Fiat a liderança de mercado no último trimestre. Com isso, o otimismo para este ano que está se iniciando é alto.

 

Fiat Strada foi o destaque de 2020

Não podemos negar, a Fiat foi a marca que mais cresceu em 2020. O ano foi encerrado com 16,5% de participação de mercado. Em relação ao ano de 2019, o aumento foi de cerca de 2,7 pontos a mais.

Mesmo perante o recuo do mercado, que apresentou 26% de queda, a picape Fiat Strada teve um aumento estrondoso. A mesma bateu a marca de 80 mil unidades vendidas. Em outras palavras, a empresa foi ao contrário da queda geral e ainda teve seu aumento de 4,9% no volume de vendas. O fato garantiu, sobretudo, um desempenho histórico no segmento de picapes.

 

Além do Brasil, a FCA foi destaque em vendas de automóveis na Argentina

Não pense que foi só em território brasileiro que a FCA teve destaque. Na Argentina, a empresa também teve um grande avanço, subindo para 15,2% no percentual de vendas, se comparado com 2019. Encerrando o ano com 48.941 unidades vendidas, a empresa contou com 2,8 pontos market share.

No país, o automóvel mais vendido foi o Fiat Cronos com 16.561 unidades vendidas dos 37.711 do total comercializado. A picape Fiat Toro também teve uma marca considerável, com 7.630 unidades vendidas. Em relação a participação de mercado, a Fiat cresceu 2 pontos percentuais. O avanço foi de 9,7% para 11,7%, comparado com 2019.

Por fim, a marca Jeep teve a marca de 9.836 unidades vendidas. A expansão da sua participação no mercado se elevou, passando de 2,5%  para 3,0%. Ou seja, os números mostram que o território argentino também é fã de FCA.

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais